Iniciar Conteúdo Principal

Lista de Softwares Públicos

  Comunidades

MDArte  (2302 membros)

O MDArte tem como propósito a criação de um novo referencial de software público, com o uso de tecnologias modernas, redução do custo total dos serviços de tecnologia da informação e da dependência de soluções proprietárias. Estes objetivos serão alcançados através do uso, evolução e disponibilização de uma infra-estrutura MDA (Model Driven Architecture) open source. A aplicação de uma abordagem de arquitetura orientada a modelo (MDA) permite dentre outras vantagens a padronização da arquitetura da aplicação, a aplicação e reuso de melhores práticas de programação e a sincronia entre os modelos que documentam o sistema e a implementação. A evolução do framework será direcionada no sentido de se obter uma infra-estrutura MDA voltada para o desenvolvimento de softwares de governo a ser disponibilizada como software público.

O MDArte compreende um conjunto de cartuchos AndroMDA com diversas soluções de projeto e arquitetura incorporadas nos procedimentos de transformação de modelos seguindo a abordagem MDA.

Sistema Aberto de Eleições Eletrônicas  (3044 membros)

O SAELE - Sistema Aberto de Eleições Eletrônicas foi desenvolvido pela UFRGS com o objetivo de disponibilizar esse importante serviço à comunidade universitária. O software foi desenvolvido em linguagem PHP utilizando o PostGresSQL como base de dados para manter seu repositório. Foi concebido sob a plataforma GPL – General Public License, disponível para ser compartilhado, reservado os seus direitos autorais.

Sisau-Saci-Contra  (6619 membros)

Software de atendimento aos usuários, Sistema de gerenciamento de Portais e de controle de acesso.
Desenvolvedor: Ministério do Desenvolvimento Agrário
Linguagem: PHP
Banco de Dados: PostgreSQL

Linux Educacional  (7562 membros)

O Linux Educacional é uma solução de software que colabora para o atendimento dos propósitos do ProInfo de forma a favorecer ao usuário final no que se refere ao uso e a acessibilidade da mesma, bem como ao responsável pelo laboratório no que se refere a manutenção e atualização da solução.

A versão 3.0 do Linux Educacional, foi baseada em uma distribuição GNU/Linux chamada Kubuntu, com uma identidade visual simples e atrativa, aplicativos educacionais personalizados, ferramentas de acesso e busca dos conteúdos educacionais, repositório Debian de conteúdos educacionais mantido pelo MEC e ferramentas de produtividade.

O Linux Educacional tem como objetivo facilitar a utilização de software livre em ambientes de informática voltados para a educação, proporcionando aos técnicos, professores e alunos uma maior liberdade de personalização do ambiente.

Foi lançada a versão 4.0 do Linux Educacional, com novos recursos de interface e diversos aplicativos novos, essa versão foi desenvolvida pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), com o apoio dos técnicos dos Núcleos de Tecnologia Educacional. Ela já está disponível em todas as escolas públicas brasileiras através do Programa Nacional de Tecnologia Educacional (ProInfo).

Amadeus  (8282 membros)

Sistema de gestão de aprendizagem para Educação a Distância baseado no conceito de blended learning (uma mistura de aulas a distância com presenciais). O Amadeus permite ampliar as experiências para diversas plataformas como Internet, desktop, celulares, PDAs e TV Digital, de forma integrada e consistente, permitindo a execução de novas estratégias de ensino e de aprendizagem orientadas por teorias construtivistas ou sócio-interacionista do desenvolvimento humano.

SGF  (10149 membros)

Otimização do controle da frota municipal em todos os órgãos da administração pública de Fortaleza em um ambiente único baseado em Software Livre.
O sistema foi elaborado visando a transparência, agilidade no acesso às informações, diminuição dos gastos públicos e a construção de uma alternativa ecologicamente viável ao uso do papel.
Objetivos específicos:
- Sistematizar e controlar todo o processo de abastecimento, utilização da frota, veículos nas oficinas e abastecimento de combustível;
- Reduzir o consumo de papel;
- Reduzir os atrasos no resgate das informações.

Novo Portal SPB  (523 membros)

Comunidade para discussão e participação no processo de desenvolvimento do novo Portal do Software Público Brasileiro.

O SPB tem funcionado ao longo dos últimos anos como um núcleo de inovação na administração pública e nos municípios brasileiros, causando transformações na indústria de software e economia para o governo. É com essa visão que anunciamos orgulhosamente que está em curso o processo de reformulação do Portal do Software Público Brasileliro, que agora será aberto e transparente, de forma que qualquer cidadão possa sugerir ideias e criticar o que não concordar!

A intenção é dar continuidade ao  processo de construção do novo Portal SPB de forma mais colaborativa possível, abrindo para toda a sociedade participar diretamente através de um processo de construção em que todos tenham a chance de participar. A ideia é abrir espaço para que todos as partes interessadas do Portal possam contribuir, expressando suas necessidades e dificuldades no ambiente e opinar sobre maneiras de como torná-lo mais atrativo e eficaz.

e-cidade  (15083 membros)

O e-cidade destina-se a informatizar a gestão dos Municípios Brasileiros de forma integrada. Esta informatização contempla a integração entre os entes municipais: Prefeitura Municipal, Câmara Municipal, Autarquias, Fundações e outros.

A economia de recursos é somente uma das vantagens na adoção do e-cidade, além da liberdade de escolha dos fornecedores e garantia de continuidade do sistema, uma vez apoiado pelo Ministério do Planejamento.

Gnuteca - Gestão de Bibliotecas  (9751 membros)

O Gnuteca é um sistema para automação de todos os processos de uma biblioteca, independente do tamanho de seu acervo ou da quantidade de usuários. O sistema foi criado de acordo com critérios definidos a validados por um grupo de bibliotecários

O Gnuteca é um software livre, o que significa que o mesmo pode ser copiado, distribuído e modificado livremente é aderente a padrões conhecidos e utilizados por muitas bibliotecas, como o ISIS (Unesco) e o MARC21 (LOC - Library Of Congress).

EdiTom  (6069 membros)

Para permitir que iniciantes pudessem ter uma ferramenta para criar sons, representá-los em forma gráfica, escrever músicas e  ouvir  efeitos sonoros, era necessário um software voltado  para atender estas facilidades.

Este software de edição de partituras é sem similar mundial. Possui  todas as características de um editor de partitura convencional, acrescido de facilitadores em vários níveis, visando sempre permitir ao iniciante partir de ações reais, para o mundo técnico da música.

Fila - Sistema de Atendimento  (10224 membros)

O Fila - Sistema de Atendimento é a solução de software e hardware desenvolvida pela Oktiva [http://www.oktiva.com.br] para gerenciamento do atendimento ao público.

No Fila a senha é solicitada pelo usuário através de uma interface simples e intuitiva. Ao apertar o botão capacitivo (como o de alguns elevadores) correspondente à categoria de atendimento desejada, a senha é emitida em impressora térmica com indicações do local, categoria e data/hora.

O sistema suporta diferentes categorias de atendimento, com o estabelecimento individualizado de prioridades e tempos máximos de espera e atendimento distintos para cada categoria.

Cada categoria de atendimento pode ser associada a determinados guichês. Isso permite, por exemplo, que os atendimentos preferenciais sejam direcionados apenas para guichês com acessibilidade adequada. Permite também que o supervisor realoque categorias e guichês para atender melhor à demanda.

O painel de chamada de senhas dispõe de sinalização visual e sonora e está integrado à TV, o que mais do que economizar um display, mantém a atenção dos usuários concentrada no painel de senhas.

Caso publique uma dúvida no Fórum de Suporte ou de Desenvolvimento e não receba uma resposta, pedimos que envie uma notificação com o link da pergunta para leonardo@oktiva.com.br.

Para respondermos às dúvidas no fórum pedimos que indiquem os passos seguidos do LEIAME até o momento em que encontraram a dificuldade. Informamos que o procedimento do LEIAME já foi testado muitas vezes e que algumas coisas, tal como o emissor em touchmonitor e o painel são sempre personalizados para cada cliente, então o profissional precisa saber um pouco de programação para realizar uma instalação completa.

Informamos também que temos utilizado hardware padrão de mercado nas novas instalações, em especial monitor touch em lugar do opiniômetro original e TV SmartTV em lugar de um PC ligado à TV —com algumas restrições.

ASES  (3509 membros)

O ASES é uma ferramenta que permite avaliar, simular e corrigir a acessibilidade de páginas, sítios e portais, sendo de grande valia para os desenvolvedores e publicadores de conteúdo.

Algumas funcionalidades:

    * Avaliador de acessibilidade (e-MAG e WCAG);
    * Avaliador de CSS;
    * Avaliador de HTML (4.01 e XHTML);
    * Simuladores de leitor de tela (tempo) e Baixa visão (daltonismo, miopia, catarata);
    * Ferramenta para selecionar o DocType, conteúdo alternativo, associador de rótulos, links redundantes, corretor de eventos e preenchimento de formulários.

Ginga  (14269 membros)

Ginga é a camada de software intermediário (middleware) que permite o desenvolvimento de aplicações interativas para a TV Digital de forma independente da plataforma de hardware dos fabricantes de terminais de acesso (set-top boxes).

Resultado de anos de pesquisas lideradas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Ginga reúne um conjunto de tecnologias e inovações brasileiras que o tornam a especificação de middleware mais avançada e, ao mesmo tempo, mais adequada à realidade do país.

O Middleware Ginga pode ser dividido em dois subsistemas principais, que permitem o desenvolvimento de aplicações seguindo dois paradigmas de programação diferentes. Dependendo das funcionalidades requeridas no projeto de cada aplicação, um paradigma possuirá uma melhor adequação que o outro.

ERP5 BR  (13766 membros)

O ERP5 BR é uma solução para Sistemas Integrados de Gestão (ERP) que proporciona transparência, flexibilidade e evolução para seus usuários. Com a utilização dos modelos de negócio (Business Templates) existentes hoje, o ERP5 cobre as áreas de contabilidade, relacionamento com os clientes, comércio, gestão de armazém, expedição, faturas, gestão de recursos humanos, design de produto, produção, gerenciamento de projetos, entre muitas outras.

O ERP5 é utilizado como base de pesquisa pelo Núcleo de Sistema de Informação (NSI), Instituto Federal Fluminense (IFF), desde 2002. Desenvolvido na plataforma Python/Zope, o ERP5 é utilizado e customizável através de um navegador web. O ERP5 possui ferramentas embutidas para desenvolvimento web, que possibilitam desenvolver desde pequenas alterações em formulários até mudanças de workflow e inserção de novas classes.

SGA LIVRE - Sistema de Gerenciamento do Atendimento  (14522 membros)

SGA LIVRE significa Sistema de Gerenciamento do Atendimento, versão Livre. É desenvolvido pela DATAPREV, totalmente baseado em tecnologias de software livre e de código aberto.

Através do SGA é possível gerenciar filas e fluxo de atendimento em quaisquer tipos de empresas ou organizações que prestam serviço de atendimento presencial à pessoas.

O SGA oferece o controle de filas de atendimento através de emissão de senhas e chamada das mesmas através de painéis. As filas de atendimento podem conter um único serviço ou um grupo de serviços. Os painéis podem chamar um, vários ou todos os serviços. Uma unidade de atendimento pode ter vários painéis.

O SGA é mais do que um sistema de controle de filas. Ao gerenciar o fluxo de atendimento, o sistema apresenta uma série de recursos que auxiliam na gerência e administração das unidades de atendimento.

Fornece uma diversidade de informações gerenciais preciosas, através de relatórios, estatísticas e gráficos avançados sobre atendimentos de uma unidade, de um grupo de unidades ou de todas elas. É possível obter estatísticas e tempos médios de atendimento por atendente, por período e por unidade, entre outras. Pode-se obter dados detalhados ou agregados.

As informações gerenciais fornecidas pelo SGA possibilitam aos gestores planejar, acompanhar, monitorar, otimizar e agilizar o atendimento aos clientes.

OpenACS  (2393 membros)

O Sistema de Arquitetura de Comunidades Aberto (OpenACS) é um framework de desenvolvimento Web para construir aplicações que suportam comunidades virtuais. O OpenACS fornece uma infra-estrutura robusta, construída em cima dos seguindes componentes padrão: a linguagem de programação Tcl, um banco de dados PostgreSQL ou Oracle para armazenar os dados da aplicação, o servidor AOLServer para o serviço HTTP e sistemas operacionais *nix ou Windows. Como outros frameworks modernos, o OpenACS dá suporte a:

    * Sistema de template para separar a lógica da apresentação;
    * Internacionalização para apresentar a interface de acordo com a linguagem do usuário;
    * Um sistema de pacotes modular para criar aplicações dependentes;
    * Um sistema de papéis e permissões;
    * Um repositório de conteúdo (content repository) para armazenar todos os tipos de conteúdo e manter um histórico de versões.

Curupira  (9820 membros)

Solução corporativa em Software Livre, desenvolvida pela equipe da CAIXA, utilizando código aberto e executado sob o sistema operacional Linux, que permite o gerenciamento dos processos de impressão através da gestão racional dos elevados custos, volumes de impressão, insumos, permissões e eficiência do uso em redes corporativas.

CACIC - Configurador Automático e Coletor de Informações Computacionais  (39058 membros)

Primeiro Software Público do Governo Federal, resultado do Consórcio de Cooperação entre a SLTI - Secretaria de Logística Tecnologia da Informação, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - MPOG e a DATAPREV - Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social, desenvolvido pelo Escritório Regional da DATAPREV no Espírito Santo.


O Cacic é capaz de fornecer um diagnóstico preciso do parque computacional e disponibilizar informações como o número de equipamentos e sua distribuição nos mais diversos órgãos, os tipos de softwares utilizados e licenciados, configurações de hardware, entre outras. Também pode fornecer informações patrimoniais e a localização física dos equipamentos, ampliando o controle do parque computacional e a segurança na rede.


Desenvolvedor: DATAPREV - Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social

Linguagens de Programação: Php, Perl, Python e Delphi

SGBD: MySQL

GSAN  (4206 membros)

Sistema integrado de gestão de serviços de saneamento. O GSAN é um sistema, desenvolvido com ferramentas de software livre, de Gerência de Operações Comerciais e de Controle da execução de serviços internos, disponível gratuitamente para prestadores dos serviços de saneamento brasileiros e para atendimento de seus usuários.
O GSNA foi criado com o objetivo de elevar o nível de desempenho e de eficiência das empresas de abastecimento de água e coleta de esgotos, e pode ser adaptado a empresas de pequeno, médio e grande portes.

SPED - Sistema de protocolo eletrônico  (20681 membros)

O Sistema de Protocolo Eletrônico de Documentos (SPED) é um sistema WEB que surgiu da necessidade de integrar o controle na troca de documentos internos e externos das Organizações Militares do Exército. A partir desta necessidade o sistema foi desenvolvido pelo Exército para controlar o protocolo de documentos.

SNEP PBX IP  (4599 membros)

Software de Telecomunicação para Configuração de Centrais Telefônicas PBX IP. Baseado em Asterisk e GNU/Linux o SNEP é capaz de rodar em pequenos hardwares com uma boa performance. Possui diversos recursos de administração que darão flexibilidade, agilidade e produtividade na comunicação de voz das empresas. Pode ser customizado de acordo com a necessidade de cada negócio. Possui todas as funcionalidades de uma central telefônica de grande porte: Voice mail, gravação, roteamento avançado de ligações, cadeado, ilimitados ramais e muitas outras .

Provinha Brasil  (2595 membros)

A Provinha Brasil, criada em consonância com o objetivo do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) do MEC, é uma avaliação diagnóstica aplicada aos alunos matriculados no 2º Ano do Ensino Fundamental. Ela auxilia professores e gestores escolares, pois atua como um instrumento diagnóstico do nível de alfabetização dos alunos, permitindo a correção e reorientação da aprendizagem em leitura e escrita, melhorando a qualidade da alfabetização e do letramento inicial oferecido às crianças. Essa avaliação diferencia-se das demais que vêm sendo realizadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), pois se trata de um instrumento pedagógico sem finalidades classificatórias.
Em Guarulhos, a aplicação da Provinha Brasil ocorre desde 2008. No primeiro ano de aplicação, as escolas enviaram os gabaritos dos testes do primeiro e segundo semestres para a Secretaria de Educação. Após o trabalho de alguns meses, essas respostas foram inseridas em um banco de dados e iniciou-se um processo de confecção de relatórios com esses dados. Em 2009 houve uma melhoria nítida no processo de aplicação da Provinha. Tal avanço foi nitidamente percebido pela rede, pois o relatório da primeira fase do teste de 2009 foi entregue às escolas junto com o relatório dos dois testes de 2008. Esse progresso no tempo de confecção dos relatórios ocorreu porque a Prefeitura de Guarulhos, por meio da Secretaria de Educação, desenvolveu um Sistema on-line para inserção e armazenamento das respostas da Provinha. Além do desenvolvimento desse sistema, a Secretaria de Educação ainda se responsabilizou pelo suporte, manutenção, atualização e aprimoramento contínuo do mesmo. A equipe escolar ficou responsável pela inserção das respostas de cada aluno e das observações descritivas dos educadores que acompanham esses alunos no processo ensino-aprendizagem.
Dessa forma, o sistema Provinha Brasil facilitou o tratamento dos dados, viabilizando a produção de relatórios que, ao subsidiar ações pedagógicas, são capazes de unir a Secretaria de Educação, a Equipe Escolar, alunos e pais.

Sistema de Ouvidoria  (4213 membros)

A Constituição Federal, em seu artigo 37, determina que a Administração Pública deve obedecer, dentre outros, aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência, bem como assegura a participação do cidadão na manutenção de serviços de atendimento ao usuário e a avaliação periódica, externa e interna, da qualidade dos serviços.

Uma estrutura de ouvidoria possibilita a análise de críticas e sugestões a respeito dos serviços prestados, constituindo um importante instrumento para a solução de problemas, melhoria de processos e procedimentos.

A Ouvidoria-Geral da União (OGU), ciente da importância de promover a implementação da Lei de Acesso a Informação (Lei 12.527/2011) pelas ouvidorias públicas federais, de fomentar sua integração e de a elas disponibilizar adequados instrumentos para gestão, buscou na Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (Slti/Mpog) apoio para identificação de necessidades em tecnologia de informação (TI). As áreas de TI da Administração Federal direta e indireta responderam a detalhado questionário sobre os sistemas que suas ouvidorias utilizavam, indicando especial demanda pela disponibilização de software gratuito e específico para essas unidades.

Sensibilizado com esse diagnóstico, o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) decidiu disponibilizar às ouvidorias, gratuitamente, o Sistema de Ouvidoria que adota internamente. Tal Sistema, desenvolvido em plataforma web, garante adaptabilidade e viabilidade econômica e técnica às ouvidorias, permitindo a emissão de relatórios gerenciais, apresentando estatísticas dos dados consolidados e possibilitando seu uso por ouvidorias com diferentes estruturas. Por meio do Sistema de Ouvidoria, a instituição poderá realizar o diagnóstico e a análise das manifestações recebida e fornecer feedback ao cidadão ao longo desse processo.

LightBase - Banco de Dados Textual Multimídia e Soluções de GED.  (7848 membros)

A solução LightBase é um banco de dados textual multimídia e reúne um ambiente de desenvolvimento rápido de aplicações e um servidor tridimensional para recuperação textual, possibilitando um rápido acesso a qualquer informação da base de dados. A ferramenta foi disponbilizada em conjunto com o GoldenDoc.

O GoldenDoc fornece um conjunto de frameworks para a implantação de soluções voltadas para Gestão Documental em formato eletrônico, com base em informações estruturadas ou não.  Integrada com outras soluções de digitalização, o GoldenDoc possibilita a implantação de todo um processo de captação de documentos: Preparação, Digitalização, Controle de Qualidade, Indexação e disponibilização das imagens e índices para consulta na Web, indicadas para Gestão Municipal e Pública em geral.

A implantação do GoldenDoc possibilita ainda um retorno imediato no uso da quantidade de documentos em papel, na gestão integrada da informação e descentralização e redução do espaço físico (arquivo).

As duas soluções foram disponibilizadas pela empresa Light Infocon Tecnologia no Portal do Software Público.

i3GEO  (13926 membros)

O i3Geo é um software para internet baseado em um conjunto de outros softwares livres, principalmente o Mapserver. O foco principal é a disponibilização de dados geográficos e um conjunto de ferramentas de navegação, geração de análises, compartilhamento e geração de mapas sob demanda.

Banco de Talentos  (6234 membros)

O Banco de Talentos foi desenvolvido no intuito de mapear os talentos da Câmara dos Deputados e identificar o potencial humano da Instituição, de modo a facilitar uma análise contínua da evolução funcional, por meio da disponibilização de informações prestadas pelos próprios servidores.

Ele foi elaborado com base em um meta-modelo de dados que permite a sua adequação à realidade das mais diversas organizações.

A Câmara dos Deputados está disponibilizando o Banco de Talentos à comunidade por meio do Portal do Software Público, sem ônus financeiro, visando a sua evolução e a melhor utilização dos recursos públicos.

Pandorga  (6020 membros)

O Pandorga GNU/Linux é uma distribuição educacional criada em 2006 especialmente para crianças, pré-adolescentes e escolas de ensino infantil e fundamental.

      Seu propósito é fazer do laboratório de informática um ambiente de segurança, diversão e aprendizado, com muitos jogos e programas que exercitem a mente sem perder o prazer em estudar.

        Querida pelos educadores, pais e alunos, a distribuição educacional Pandorga tem uma trajetória de sucesso, realizações, trabalho e diversão garantida desde o desenvolvedor até o usuário final, os alunos!

e-ISS  (3834 membros)

O e-ISS é um sistema informatizado que visa a modernização da Gestão Tributária de ISS/ISSQN. O e-ISS foi desenvolvido de maneira a auxiliar o fiscal de ISS da Prefeitura, bem como interagir com o contribuinte de ISS e o tomador de serviços. Além de contar com ferramenta de fácil utilização.

OASIS  (11512 membros)

O OASIS permite o acompanhamento das ações da área de TI como Rede de Computadores, Banco de Dados, Modernização, Desenvolvimento de Sistemas e Sítios, entre outros. O objetivo é acompanhar os projetos desenvolvidos pelas áreas de TI, no que diz respeito ao seu ciclo de vida (solicitação de proposta, execução de proposta, solicitação de manutenção, execução de evolução, histórico, pessoal envolvido, gerenciamento e documentação, demanda e execução de serviços). Com a ferramenta também é possível realizar o acompanhamento gerencial dos tempos e custos, através de métricas, favorecendo a criação de indicadores de desempenho e a consequente melhoria na qualidade das atividades desenvolvidas pelas áreas de TI. Também é possível controlar e acompanhar os contratos com as empresas terceirizadas, incluindo informações do contrato, dos serviços, dos projetos previstos, das infrações e penalidades.

Sagu – gestão acadêmica unificada  (8121 membros)

O SAGU é uma solução livre criada para apoiar o gerenciamento de instituições de Ensino (superior e técnico). Seu funcionamento de forma modularizada, proporciona aos gestores um conjunto de ferramentas que integra e otimiza os processos dos diferentes setores da instituição.

Em breve estaremos disponibilizando listagem dos módulos (inclusive novos) e anunciar funcionalidades projetadas.

NAVi  (2100 membros)

O software NAVi é um ambiente virtual web desenvolvido pelo grupo de pesquisa NAVi da Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Seu objetivo é apoiar a condução das atividades de ensino e facilitar o processo de aprendizagem tanto do ensino presencial como a distância, disponibilizando ferramentas de interação, tarefas e compartilhamento de conteúdos.

PW3270  (6482 membros)

O pw3270 é um emulador de terminal 3270 totalmente livre, com recursos avançados e uma interface amigável (elaborada em GTK), comparável às melhores ferramentas do mercado.

Disponível para Linux e Windows.

GGAS  (884 membros)

O sistema GGAS (lêia-se: "Gê Gás") é o Sistema de Gestão Comercial de Gás Natural que visa atender, de forma abrangente, as necessidades inerentes à Área comercial de uma empresa distribuidora de gás natural e possibilita a gestão dos cadastros, da medição, dos contratos, do faturamento (incluindo emissão das NF-e's), da cobrança, da arrecadação além de disponibilizar dados para a integração com sistemas da área contábil, financeira, operacional e gerencial.

Jaguar  (3367 membros)

O JAGUAR é um framework Java EE que traz uma arquitetura de software de alto nível, reutilizável e extensível, baseada na integração de dezenas de frameworks de base (matéria prima Open Source), líderes em seus segmentos e aplicando generalizações OO em uma arquitetura MVC2 que resultam em solução com alto nível de abstração, pouco código Java e utilizando recursos como IoC, DI e AOP, de forma natural e padronizada. Além disso, produz aplicações Java EE 5 Full-Complient, incluindo interfaces Web 2.0 com alta usabilidade e aderente aos padrões de mercado.

O JAGUAR é uma contribuição da Powerlogic à comunidade de software livre que agora passa a ter um framework de integração de última milha, gratuito em licença GPLv2, criada a partir do software jCompany Developer Suite de propriedade da Powerlogic.

Sigati  (3964 membros)

O Sigati é uma ferramenta gráfica que consolida em uma única interface a administração de serviços de diretório distribuído baseados no OpenLDAP, permitindo a administração de objetos, partições, réplicas, esquemas e listas de controle de acesso.
Diferentemente de outras ferramentas livres existentes, que geralmente provêem apenas administração de objetos, o Sigati permite um gerenciamento mais amplo, facilitando a execução de atividades complexas e evitando que o administrador tenha que editar manualmente os arquivos de configuração do diretório.
Desenvolvedor: Universidade Católica de Brasília (UCB).
Linguagem: Java.

DIM - Dispensação Individualizada de Medicamentos  (2096 membros)

O software DIM nasceu da necessidade de uma ferramenta capaz de gerenciar a
dispensação de medicamentos para municípios com mais de 1.000.000 de habitantes e
uma média de mais de 20.000 dispensações por dia. Controlando em cada operação o
lote e a validade dos medicamentos disponibilizados aos pacientes e identificando
univocamente cada paciente, garantindo desta maneira a rastreabilidade.

FormDin  (5015 membros)

O FormDin é um framework PHP para desenvolvimento de aplicações web. Foi disponibilizado como Software Público pela SLTI - Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento.

O FormDin compõe-se por um conjunto de componentes de software, que proveem uma arquitetura básica para o desenvolvimento de aplicações web baseadas em um menu principal, formulários de entrada de dados e relatórios.

e-Proinfo  (9096 membros)

O Ambiente Colaborativo de Aprendizagem - e-ProInfo é um software público, desenvolvido pela Secretaria de Educação a Distância - SEED do Ministério da Educação - MEC e licenciado por meio da GPL-GNU, Licença Pública Geral.

Ressaltamos que o e-ProInfo é software público e possui licenciamento específico. O contrato segue às regras da Licença Pública Geral - GPL e deve ser conhecida pelas Instituições que pretendem utilizá-lo. Para obter informações referentes as regras o usuário deverá acessar o link GNU GPL.

Equipe e-ProInfo.

Guarux  (949 membros)

A Solução Guarux é uma distro voltada à educação especial ou até mesmo a usuário final, visando, principalmente, a acessibilidade de deficientes visuais e tetrapelegia com mecanismos(jogos) próprios voltado ao desenvolvimento de pessoas com Síndrome de Down e TDG - Transtorno Global do Desenvolvimento (destacam-se neste espectro: Autismo, Asperger, Síndrome do cromossomo X, ...). Além disso, contém uma gama de Software's Educacionais e pedagógicos que auxiliam os estudos de crianças, adolescentes, adultos, docentes bem como profissionais na área da saúde que estejam envolvidos com estes temas.

Ação - Sistema de Acompanhamento de Projetos Sociais  (2029 membros)

O Ação - Sistema de Acompanhamento de Projetos Sociais foi concebido para informatizar os dados coletados pelos programas sociais, possibilitando o armazenamento, consulta e gerenciamento destes dados.

Características técnicas: Foi desenvolvido com filosofia de orientação a objetos, camadas MVC, em plataforma Catalyst com linguagem Perl, Javascript, Xquery e Xpath.

A ferramenta já vem sendo usada por órgãos do Município de Fortaleza.

SIVAC - Sistema on-line de Vacinação  (1737 membros)

O SIVAC é um sistema on-line de vacinação para registrar e monitorar a aplicação de vacinas no país. A partir das aplicações lançadas individualmente, o SIVAC gera dados estatísticos precisos, identifica os indivíduos faltosos e gerencia as campanhas e rotinas de vacinação por imunobiológico. O sistema permite também controlar os estoques de vacinas, analisar as informações das diversas unidades de saúde responsáveis pela aplicação e disponibilizar uma caderneta de vacinação eletrônica.

Cocar  (13389 membros)

O CONTROLADOR CENTRALIZADO DO AMBIENTE DE REDE ­ COCAR foi desenvolvido pelo DERE com o
objetivo de disponibilizar, para todos os escritórios, uma ferramenta para monitoração do tráfego nos circuitos da
rede de acesso e fornecer alarmes informativos de queda de performance nestes circuitos com o armazenamento
dos dados coletados.

Apoena  (4455 membros)

Apoena é um Software Livre que surgiu da necessidade de facilitar a Democratização da Informação nos telecentros do Banco do Brasil. A ferramenta elabora Clippings de notícias. Funciona como uma agência de notícias coletando e processando informações de mais de 300 fontes informativas.

Desenvolvedor: Banco do Brasil S.A.

Linguagem: Shell Script, Java, PHP

Banco de Dados: Mysql

Minuano  (5927 membros)

A Solução MINUANO – Transmissão de Áudio e Vídeo totalmente em Software Livre CAIXA, trata-se de um sistema de captura, processamento, compactação e distribuição do sinal digital para a intranet ou Internet, ao vivo e ou download. Solução com foco nas comunicações organizacionais e aplicação para Setor Público, Privado e Governo, em especial pelas características continentais do nosso Pais, possibilitando uma extrema agilidade nas comunicações e informações com drástica redução de custos.
Solução certificada pelo Programa de Racionalização de Gastos e Eliminação de Desperdícios CAIXA.

e-Nota  (8497 membros)

O e-Nota é um sistema informatizado para emissão de Notas Fiscais Eletrônicas de Serviços, visando a modernização da Gestão Tributária de ISS/ISSQN. O e-Nota foi desenvolvido para auxiliar o fiscal de ISS da Prefeitura, bem como interagir com o contribuinte de ISS e o tomador de serviços. Além de contar com ferramenta de fácil utilização para gestão das informações pertinentes a emissão de NFe de Serviços.

Xemelê  (6346 membros)

Este grupo busca compartilhar soluções para fomento da comunicação interativa e dos processos colaborativos utilizando a plataforma Internet. Estamos falando de ferramentas para gerenciamento de sites, blogs, chats, wikis, e também de ambientes para integração de serviços de e-mail, agenda, workflow, etc. Para o código (até o momento) utilizamos HTML, PHP, JavaScript, Jquery, e banco de dados MySql. Entretanto é importante destacar que a comunidade Xemelê busca atender ao público que não domina código, mas ainda assim deseja explorar o potencial de comunicação interativa e colaboração da Internet.

Sagui  (3081 membros)

O SAGUI gerencia todas as estações GNU/Linux. Com ele é possível executar scripts (seqüência de comandos em linguagem de computador) de correção, customização ou coleta de informações de forma centralizada. Através de patches, é possível ainda definir o escopo de aplicação: se em toda a rede ou parte dela. Sua implementação aumentou a produtividade dos Centros de Especialização do Serpro (estruturas ligadas à Superintendência de Tecnologia da Informação, com capacidade para atender tecnicamente qualquer demanda em TIC e suporte às áreas de infra-estrutura)

InVesalius  (7306 membros)

InVesalius é um software público para área de saúde que visa auxiliar o diagnóstico e o planejamento cirúrgico. A partir de imagens em duas dimensões (2D)  obtidas através de equipamentos de tomografia computadorizada ou ressonância magnética, o programa permite criar modelos virtuais em três dimensões (3D) correspondentes às estruturas anatômicas dos pacientes em acompanhamento médico. O software tem demonstrado grande versatilidade e vem contribuindo com diversas áreas dentre as quais medicina, odontologia, veterinária, arqueologia e engenharia. O programa foi desenvolvido pelo antigo CenPRA atual CTI(Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer), unidade do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), através das linguagens de programação Python e C++. Atualmente opera em GNU Linux (Ubuntu, Fedora e OpenSuse já foram testados) e Windows (XP e Vista), sendo que é licenciado pela CC-GNU GPL (Licença Pública Geral) versão 2 (em português).

Koruja  (9831 membros)

O projeto nasceu devido a necessidade de empresas públicas e privadas em administrar, gerenciar, controlar e auditar configurações em ambientes de TI a partir de um único ponto de vista. Dentro dessa perspectiva surge a ideia de criar um mecanismo de automação de coleta de configuração dos recursos tecnológicos (servidores, roteadores, switches, estações de trabalho, etc.) do ambiente de TI sem utilizar agentes (AgentLess) e integrado às funcionalidades de um ambiente de colaboração Wiki.

Funciona a partir do desenvolvimento e acoplamento de “plugins/drives” específicos para cada recurso tecnológico existente no ambiente de TI.

Esses “plugins/drivers” tem a tarefa de fazer a coleta das informações dos recursos tecnológicos e enviá-los para camada de apresentação em ambiente Wiki.

WebIntegrator - Produtividade Java WEB  (9461 membros)

Webintegrator é um ambiente de alta produtividade para o desenvolvimento de aplicações Web em plataforma Java, que cria facilidades de uso e acelera o aprendizado técnico dos desenvolvedores.

KyaPanel  (3282 membros)

O KyaPanel é um sistema de gestão para servidores de e-mail que utilizam Postfix, LDAP e Courier.

Além da gerência comum ele também está integrado com o Egroupware quando utilizado com Postgres, permitindo a seleção dos aplicativos disponíveis na mesma interface do KyaPanel.

Desenvolvido em camadas, o seu core está desenvolvido em Shell Script e sua interface em PHP, que executa o core através de um daemon próprio. Esta estrutura permite que outras interfaces sejam desenvolvidas sem afetar o comportamento do sistema. Em sua nova série o KyaPanel esta 100% integrado ao LDAP, MySQL e PostgreSQL. Basta selecionar a base que melhor lhe atender.

Abaixo estão todas as características do KyaPanel.

Cortex  (1905 membros)

Cortex é um framework para desenvolvimento de aplicativos desktop multiplataforma em C++. Ele se baseia na composição de Sinapses (bibliotecas dinâmicas) em tempo de execução e sugere fortemente sua modelagem como serviços em uma Arquitetura Orientada a Serviços. É calcado em princípios SOA, o que não implica necessariamente em web services. Entretanto, já foi implementada uma solução híbrida de serviços web e desktop operando em conjunto, a qual deve ser em breve disponibilizada como parte do framework.
Cortex foi desenvolvido pelo Exército Brasileiro como solução de modularidade para facilitar o reuso e a extensibilidade no contexto do desenvolvimento de uma família de aplicativos voltados para a área de Defesa, tendo sido utilizado com sucesso por aproximadamente dois anos. Entretanto, é uma ferramenta de propósito genérico e não se restringe a este tipo de aplicação.

Prefeitura Livre  (11151 membros)

O PREFEITURA LIVRE é uma solução de gestão municipal completamente livre e com suporte comercial de uma rede de empresas especializadas. Você não precisa pagar qualquer valor referente a licença de software para utilizar esta solução, basta baixar o código-fonte e configurá-lo adequadamente com os diversos SOFTWARES LIVRES que compõem a solução. O PREFEITURA LIVRE é a única solução de gestão municipal que implementa os principais conceitos associados ao Cadastro Técnico Multifinalitário (CTM) e ao Geoprocessamento Corporativo. Sendo um SOFTWARE LIVRE desenvolvido sob um framework estruturado em 3 camadas (MVC), ele pode ser adaptado rapidamente a qualquer nova demanda.

i-Educar  (21307 membros)

O i-Educar é um software de gestão escolar. Centraliza as informações de um sistema educacional municipal, diminuindo a necessidade de uso de papel, a duplicidade de documentos, o tempo de atendimento ao cidadão e racionalizando o trabalho do servidor público.

O i-Educar foi desenvolvido inicialmente pela prefeitura de Itajaí-SC e fora disponibilizado como software livre através de uma parceria tecnológica com a Cobra Tecnologia.

Com o i-Educar é possível controlar todo o cadastro de alunos,  com seus dados pessoais, familiares e pedagógicos. Funcionalidades como:  matrículas, transferências, emissão de certificados e diplomas, suspensões, quadro de horários e relatórios gerenciais são realizados de forma integrada. O sistema conta também com um módulo de biblioteca que faz a gestão de bibliotecas de cada escola.

REDECA  (1671 membros)

REDECA é um software voltado para o auxílio na formação de redes sociais de proteção à criança e ao adolescente. Tem como premissa o compartilhamento e a troca de informações em um ambiente, a segurança das informações e a agilidade de comunicação entre os atores de uma rede. Seu nome deriva das palavras REDE e ECA (Estatuto da Criança e Adolescente).

CAU - Central de Atendimento ao Usuário  (6074 membros)

Foi desenvolvido pela Embratur para ser um ponto único entre o gerenciamento de TI, atividades auxiliares e o usuário, formalizando os processos operacionais, dando transparência e possibilitando que todos os envolvidos no processo tenham o correto entendimento sobre os processos de trabalho seguidos pelas áreas.

SIMEC - Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Finanças  (4210 membros)

O Sistema Integrado de Planejamento, Orçamento e Finanças-SIMEC, desenvolvido pelo Ministério da Educação e exemplo de gestão integrada de funções administrativas, será disponibilizado para toda sociedade durante a abertura do Fórum Sulamericano de Líderes de TI de Governo, que ocorre nesta terça-feira na cidade de Brasília.

A solução poderá ser usada por qualquer órgão do setor público, a exemplo do Ministério do Turismo que hoje é um dos usuários do SIMEC. São mais de dez órgãos do governo federal que utilizam a solução. A Telebras e o SENAI utilizam a ferramenta para realizar o monitoramento de obras, como pode ser observado, respectivamente, nos endereços telebras.mesotec.com.br/ e www.obras.senai.br/.

O SIMEC tem diversos módulos que atendem funções administrativas básicas, com destaque para programação orçamentária, gestão de projetos e planejamento de metas. São também usuários da ferramenta a Força Aérea Brasileira no SISOBRAS; o Ministério da Justiça no PRONASCI; e as Secretarias Especiais de Políticas para as Mulheres na Central180(central180.call.inf.br/) e de Direitos Humanos no Disque100 (disque100.call.inf.br/).

Demoiselle  (1907 membros)

Demoiselle Framework é uma API Java para desenvolvimento de aplicações JEE, criada pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) em 2008 e disponibilizada como software livre em abril de 2009. O Demoiselle Framework surgiu da necessidade do Serpro de:

Padronizar o desenvolvimento de aplicações (com relação a construção de código);
Gerar código reutilizável;
Desenvolver software de forma colaborativa;
Integrar diferentes instituições e tecnologias.

O princípio fundamental do Demoiselle Framework é que a arquitetura de software resolve quatro problemas: ela provê uma estrutura básica para um projeto, indica as tecnologias a serem adotadas, define os padrões de implementação e ajuda nas decisões de projeto.

CMS - Controle de Marcas e Sinais  (1324 membros)

Bem vindo!

O Marcas e Sinais é um software que auxilia o registro e consulta por marcas e sinais utilizados por produtores rurais.

Desenvolvido pela Prefeitura Municipal de Bagé, o sistema foi criado a partir da dificuldade de armazenagem e problemas ocasionados pelo manuseio de registros físicos.

O sistema é utilizado através da plataforma web, tornando mais fácil o acesso e sua a atualização.

gpweb  (13646 membros)

O sistema integrado gpweb, tanto na parte de gerenciamento de projetos e práticas de gestão, quanto na tramitação interna de mensagens e documentos protocolados, se propõe a ser uma solução completa e integrada para qualquer organização. Roda via Web, tendo sido criado na linguagem PHP e banco de dados MySQL.

O gpweb é composto por um conjunto de módulos. Alguns destes módulos, bem como elementos do núcleo do sistema, são derivados do dotProject. Outras funções foram aperfeiçoadas a partir do Software Público SPED, conforme detalhes a seguir:

Módulo de E-mail corporativo com assinatura eletrônica, criptografia, aviso de leitura, controle de agenda, dentre outras funcionalidades; Módulo de criação e envio de documentos, tal qual o SPED, mas mais fácil e flexível;

Módulo de gerenciamento de projetos completo, inclusive podendo importar do MS Project e dotProject, contendo também WBS;

Módulo de Gestão da Excelência, com controle de indicadores, práticas de gestão, relatório de gestão, com as réguas de 250, 500 e 1000 pontos do Gov. Federal (PQGF) e da Fundação Nacional da Qualidade, assim como a régua de 500 pontos do Exército;

Módulo de agenda coletiva e lista de atividades à realizar, integrada ao demais módulos, com funcionalidades semelhantes ao Lotus Notes e Google Agenda.

EducatuX  (5827 membros)

O EducatuX é um método educacional que foi concebido com a finalidade de promover uma integração pedagógica entre computadores e educação utilizando software livre. O projeto visa à construção de materiais didáticos para professores e alunos do ensino fundamental que auxiliem na integração das aulas à tecnologia. Também temos como objetivo a construção de oficinas práticas que serão aplicadas nas escolas tendo como público alvo os professores e pedagogos da escola.

Tucunaré  (1262 membros)

O Tucunaré antes conhecido como SuiteTelecentro é uma distribuição baseada em Debian GNU/Linux customizada para uso nos telecentros brasileiros.

Foi desenvolvida para facilitar a instalação e configurações do Sistema Operacional nos telecentros, conta com uma vasta quantidade de programas amigáveis que são adaptados para as configurações necessárias para o uso em um telecentro em seu dia a dia.

Possui uma arquitetura cliente-servidor, que usa a infraestrutura do projeto LTSP (clientes leves), onde tudo está instalado em um servidor LTSP, que compartilha softwares e aplicações para o cliente LTSP, não sendo necessário o uso de HD, CD-ROM ou DVD nas estações clientes.
O Tucunaré é uma solução madura, em desenvolvimento desde 2003, que contabiliza hoje mais de 600 mil downloads e está em uso em entidades como Banco do Brasil, Fundação Banco do Brasil, Ministério da Pesca, Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Minas, SERPRO de Campinas, Assentamentos rurais entre outros.

Está disponível no site http://www.redetelecentro.com.br (portal da Inclusão Digital do Banco do Brasil), junto a manuais e vídeo aula de explicação do processo de instalação e eventuais configurações.

Dentro da mesma mídia de DVD, o usuário pode escolher entre
dois tipos de instalação: Servidor LTSP ou Desktop (uso pessoal).

Após a escolha do tipo de instalação. Com apenas um “ENTER”, o Tucunaré será instalada e configurada automaticamente, facilitando muito a instalação para pessoas com poucas noções de informática.

SGD - Sistema de Gestão de Demandas  (19469 membros)

O SGD foi desenvolvido dentro da filosofia de software livre para atender as necessidades da TI, transformando as demandas internas em projetos que são controlados pelo escritório de projetos, melhorando conseqüentemente a qualidade do atendimento do serviço público. Contudo, por sua flexibilidade, a ferramenta pode ser utilizada por qualquer área, órgão público ou empresa que deseje o efetivo controle de suas demandas. O sistema apesar de empregar técnicas voltadas a orientação de objetos, adoção de linguagem de programação livre e a arquitetura do sistema estruturada em três camadas, tem a preocupação da adoção de padrões abertos, bem como a aderência com a política de software livre do governo federal.

Geplanes  (11942 membros)

O Geplanes é um software de gestão estratégica elaborado para empresas públicas ou privadas. Ele é utilizado na fase de elaboração do planejamento estratégico e na execução das ações. Fazendo uso do Geplanes é possível gerenciar as medidas, as metas e seus desdobramentos, os indicadores e as anomalias. Através de relatórios, de gráficos e do painel de controle os gerentes, coordenadores, diretores e presidentes têm uma visão dos indicadores e da instituição.

Citsmart  (2959 membros)

Sistema de gerenciamento de serviços de tecnologia da informação com o objetivo de gerar governança das instituições gerenciadas. Consiste na disponibilização de uma ferramenta baseada em ITIL (Information Technology Infrastructure Library) para o Gerenciamento de Serviços de TI. Tem como objetivo principal manter a eficiência nos processos de prestação de serviços de TI e promover a melhoria dos mesmos. Atua em conformidade com as boas práticas descritas na biblioteca ITIL. É um software aplicativo desenvolvido para ambiente web, sua utilização é feita via intranet e internet, com menus dinâmicos e personalizáveis.

  Comunidades

Demoiselle
(1907 membros)

Pandorga
(6020 membros)

SIVAC - Sistema on-line de Vacinação
(1737 membros)

i-Educar
(21307 membros)

CMS - Controle de Marcas e Sinais
(1324 membros)

Sistema de Ouvidoria
(4213 membros)

e-ISS
(3834 membros)

SGA LIVRE - Sistema de Gerenciamento do Atendimento
(14522 membros)

SGD - Sistema de Gestão de Demandas
(19469 membros)

Cortex
(1905 membros)

Guarux
(949 membros)

Sistema Aberto de Eleições Eletrônicas
(3044 membros)

FormDin
(5015 membros)

SNEP PBX IP
(4599 membros)

Curupira
(9820 membros)

Banco de Talentos
(6234 membros)

Novo Portal SPB
(523 membros)

OpenACS
(2393 membros)

EdiTom
(6069 membros)

Koruja
(9831 membros)

OASIS
(11512 membros)

Xemelê
(6346 membros)

PW3270
(6482 membros)

Ação - Sistema de Acompanhamento de Projetos Sociais
(2029 membros)

Amadeus
(8282 membros)

Gnuteca - Gestão de Bibliotecas
(9751 membros)

REDECA
(1671 membros)

i3GEO
(13926 membros)

GGAS
(884 membros)

Fila - Sistema de Atendimento
(10224 membros)

NAVi
(2100 membros)

Jaguar
(3367 membros)

e-Proinfo
(9096 membros)

GSAN
(4206 membros)

InVesalius
(7306 membros)

Minuano
(5927 membros)

Geplanes
(11942 membros)

MDArte
(2302 membros)

KyaPanel
(3282 membros)

DIM - Dispensação Individualizada de Medicamentos
(2096 membros)

Sagui
(3081 membros)

EducatuX
(5827 membros)

e-cidade
(15083 membros)

SPED - Sistema de protocolo eletrônico
(20681 membros)

Provinha Brasil
(2595 membros)

Tucunaré
(1262 membros)

ASES
(3509 membros)

SGF
(10149 membros)

CACIC - Configurador Automático e Coletor de Informações Computacionais
(39058 membros)

Sagu – gestão acadêmica unificada
(8121 membros)

gpweb
(13646 membros)

e-Nota
(8497 membros)

Linux Educacional
(7562 membros)

Apoena
(4455 membros)

Citsmart
(2959 membros)

Ginga
(14269 membros)

SIMEC - Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Finanças
(4210 membros)

Sigati
(3964 membros)

Sisau-Saci-Contra
(6619 membros)

WebIntegrator - Produtividade Java WEB
(9461 membros)

Cocar
(13389 membros)

ERP5 BR
(13766 membros)

CAU - Central de Atendimento ao Usuário
(6074 membros)

Prefeitura Livre
(11151 membros)

LightBase - Banco de Dados Textual Multimídia e Soluções de GED.
(7848 membros)